The Incendiary (EP)

by Standing Point

/
1.
2.
3.
03:56
4.
5.

about

Download EP here:
www.mediafire.com?tkqtb17fd85739a

Facebook:
www.facebook.com/pages/Standing-Point/240527789340168

"É quase engraçado pensar quantos homens e mulheres morreram pela idéia americana de liberdade: um homem numa cabine eleitoral com um lápis, escolhendo qual opção marcar. A verdadeira liberdade, o tipo de liberdade pelo qual lutamos, é algo muito maior ― significa criar as opções que iremos escolher, só para começar. Uma melhor representação é um músico tocando com seus companheiros: em cooperação espontânea e alegre, criando ativamente o ambiente sônico e emocional no qual eles existem, participando então na transformação do mundo que irá depois transformá-los. Pegue este modelo e o estenda a todos os momentos de nossa vida ― isso seria a verdadeira liberdade."

Não temos os melhores riffs, não temos as melhorias melodias, as melhores letras, nem mesmo somos músicos de verdade. Apenas desejamos passar adiante a sensação de liberdade e de felicidade que é estar envolvido em alguma coisa que busca acrescentar um pouco mais de cores para uma vida cinza.

Não temos as melhores idéias, não somos os detentores da verdade, sequer sabemos quais são as melhores soluções. Apenas não queremos ficar de braços cruzados diante de um mundo que nos coloca de joelhos. Apenas não queremos rasgar os olhos para não enxergar um sistema guiado pelo deus dinheiro que escraviza e esvazia vidas.

Nossos punhos cerrados sozinhos são fracos, mas nós somos muitos.
Nosso grito abafado é quase mudo, mas nós somos muitos.
Nossa esperança empoeirada pelo passar dos dias é fútil, mas nós somos muitos.
Nossa centelha não é nada diante da tempestade, MAS NÓS SOMOS UM INCÊNDIO.

XVX

credits

released April 1, 2012

tags

license

all rights reserved

about

Standing Point Piracicaba, Brazil

They who
have put out
the people eyes
reproach them
of their blindness

Hardcore Punk
Vegan/Straight Edge/Political/Emotional

From Piracicaba - São Paulo

contact / help

Contact Standing Point

Streaming and
Download help

Track Name: The Incendiary
The Incendiary
(The fire takes over the body)

The incendiary also burns
Mind and heart are like a trigger
Needing only a spark to ignite

Alive
More than just breathing

Everyday against the flow
Starting now
Planting the seed

Starting the future
Destroying the present


“Gostaria tanto de me abandonar, de deixar de ter consciência de minha existência, de dormir. Mas não posso, sufoco: a existência penetra em mim por todos os lados, pelos olhos, pelo nariz, pela boca e subitamente, de repente, o véu se rasga: compreendi, vi. A Náusea não me abandonou, e não creio que me abandone tão cedo; mas já não estou submetido a ela, já não se trata de uma doença, nem de um acesso passageiro: a Náusea sou eu.”

(A Náusea, Jean Paul Sartre)
Track Name: The Real Change
The Real Change
(The fire takes over the heart)

If you can't see
This is not about pointing fingers
And say who is better
Or who is worse

Real change comes from your heart

Our desire has to be
Like a river through
Mountains and forests
Without loosing its way to the sea

It´s not just a phase
It´s not a children´s pastime

Our fists build
Dreams of a better world


“Eles comem comida morta com dentes falsos. Seus prédios têm falsas fachadas, suas estações de rádio e TV transmitem ar morto. Eles matam tempo como espectadores de falsas imagens. Suas corporações são culpadas de falsa propaganda, e suas "oportunidades" de emprego só oferecem maus-tratos perigosos, tédio letal, e submissão fatal; eles exigem que você cumpra prazos, que você arme sua barraca em campos de extermínio. A rua sem fim justifica os meios? Eles moram em cidades mortas e fazem jogadas falsas, indo a lugar nenhum, traçando dia após dia a mesma trilha de desespero. Até o seu ar é condicionado. Eles pedem que você dê sua vida por seus países, pelas suas religiões, pelas suas economias. Seu sistema é organizado por inteligência artificial e só produz realidade virtual. A sua cultura vai espetá-lo e entediá-lo até a morte, seu estilo de vida é sem vida, sua existência um círculo fechado. Tudo sobre eles é morto e falso. A única coisa insuportável é que nada é insuportável. Quando vamos exigir mais?”

(Dias de Guerra, Noites de Amor, Crimethinc)
Track Name: The Hope
The Hope
(The fire takes over the direction)

“Hannah, can you hear me? Wherever you are, look up Hannah! The clouds are lifting! The sun is breaking through! We are coming out of the darkness into the light! We are coming into a new world; a kindlier world, where men will rise above their hate, their greed, and brutality. Look up, Hannah! The soul of man has been given wings and at last he is beginning to fly. He is flying into the rainbow! Into the light of hope, into the future! The glorious future, that belongs to you, to me and to all of us. Look up, Hannah. Look up!”

“Hannah, estás me ouvindo? Onde te encontrares, levanta os olhos! Vês, Hannah? O sol vai rompendo as nuvens que se dispersam! Estamos saindo da treva para a luz! Vamos entrando num mundo novo – um mundo melhor, em que os homens estarão acima da cobiça, do ódio e da brutalidade. Ergue os olhos, Hannah! A alma do homem ganhou asas e afinal começa a voar. Voa para o arco-íris, para a luz da esperança. Ergue os olhos, Hannah! Ergue os olhos!"

(O Grande Ditador, Charles Chaplin)
Track Name: The Simplicity
The Simplicity
(The fire takes over the ideas)

It's like if all our problems
Had disappeared in the air

A bright blue sky
Open above our heads

Simple and sincere wishes
As the sunset
On an autumn afternoon

The eternity is a moment of peace

When I stopped searching
For it in the others

I found happiness inside myself


"Como não podiam alcançar-me, resolveram punir meu corpo; como meninos que, não conseguindo atacar alguém que odeiam, maltratam-lhe o cão. Vi que o Estado era irresponsável, tímido como uma mulher solitária com suas colheres de prata, e que, não sabia distinguir seus amigos de seus inimigos, e perdi o resto de respeito que ainda nutria por ele, e tive pena dele. Portanto, o Estado nunca enfrenta intencionalmente a consciência intelectual ou moral de um homem, mas apenas seu corpo, seus sentidos. Não está equipado com inteligência ou honestidade superior, mas com força física superior. Não nasci para ser forçado a nada. Respirarei a meu próprio modo. Vejamos quem é o mais forte.”

(A Desobediência Civil, David Thoreau)
Track Name: The Conflagration
The Conflagration
(The fire takes over the streets)

There´s fire on the streets
A million voices
Screaming for equality

There´s fire on the streets
Sticks, stones and hope
Build a new direction

There´s fire in the hearts
That struggle against tyranny

And we will never give up


"Os responsáveis políticos, econômicos, intelectuais e a sociedade toda não devem se omitir nem se deixar impressionar pela atual ditadura internacional dos mercados financeiros, que ameaça a paz e a democracia.

Eu desejo a todos, a cada um de vocês, que tenham seu motivo de indignação.

Esta corrente vai em direção de mais justiça, de mais liberdade, mas não a liberdade descontrolada da raposa no galinheiro.

A responsabilidade de um indivíduo que não pode confiar nem em um poder, nem em um deus. Pelo contrário, é necessário engajar-se em nome de sua responsabilidade como pessoa humana. Olhem à sua volta e vocês encontraram os temas que justificam sua indignação. Procurem, e encontrarão!

Criar é resistir. Resistir é criar."

(Indignai-vos, Stéphane Hessel)